Saiba como escolher a melhor mochila de hidratação para praticar seu esporte preferido

A prática de esportes é cada vez mais comum atualmente, especialmente quando se tratam de atividades ao ar livre, envolvendo ou não a alta performance do corpo. Considerados “esportes de alto impacto”, algumas modalidades têm crescido exponencialmente nos últimos anos, uma vez que trazem ganhos consideráveis para o conjunto psicossomático (tratando o equilíbrio entre o nosso corpo e a mente).

Algumas das atividades físicas mais conhecidas e comuns no Brasil é a corrida e o ciclismo. Popularmente democráticos, ambos são ótimos para quem quer perder peso, ganhar resistência muscular, melhorar o condicionamento físico e aprimorar o funcionamento do sistema cardiorespiratório, e são praticados com poucos critérios com relação a outros exercícios físicos, como é o caso da musculação, do funcional e do treino HIIT.

Entretanto, como em qualquer outro exercício que traga sobrecarga para o sistema esquelético, para realizá-los, nós precisamos ter atenção com a fisiologia esportiva em todos os momentos, tomando os cuidados relativos à boa nutrição e hidratação do início ao fim. E para auxiliar na execução adequada dos treinos, existem gadgets super úteis no mundo dos esportes, que não podem faltar no “kit sobrevivência” de um desportista profissional, antes de sair de casa.

Hoje trouxemos um guia de grande importância para quem é adepto dos treinos de alta intensidade, preferencialmente os que são executados ao ar livre. Veja como se manter hidratado e obter o seu melhor desempenho com as mochilas de hidratação , que podem ser essenciais nesse quesito!

Recomendações

Para os corredores, os smartwatches se tornaram febre e transformam a tecnologia em dados importantes para os atletas, e hoje são utilizados em massa para o controle de velocidade, tempo, desgaste físico, nível de oxigênio no sangue e outros parâmetros. No caso dos ciclistas, os ciclocomputadores também fazem uma grande diferença, facilitando o acompanhamento real de treinos progressivos e auxiliando no cuidado com a saúde.

Dentro da categoria dos acessórios super úteis, as mochilas de hidratação também fazem parte das boas práticas nos esportes, e podem ser tão importantes como escolher um bom tênis na corrida ou a melhor bicicleta para determinados destinos.

Para te auxiliar, trouxemos algumas opções de mochilas de hidratação disponíveis no mercado, de acordo com a Escolha Premium, a Nossa Recomendação e o melhor produto para o seu bolso!

Escolha Premium

Com 2,5 litros de capacidade específica e compartimento de água que acompanha o produto, a Osprey Katari é um dos últimos modelos da marca e oferece todo o suporte necessário para um ciclista profissional, sobretudo para os amantes de Mountain Bike.

O produto tem garantia vitalícia, por qualquer razão que leve a danos da mochila e comprometa a sua experiência esportiva. Ela é a mais leve, a mais compacta e a mais bem-segmentada dos modelos intermediários.

Nossa recomendação

Dentro da linha das mochilas de hidratação multiuso, a CamelBak Octane é uma boa alternativa para quem busca por custo-benefício. Por ser muito prática e possuir diversos compartimentos internos, ela é capaz de comportar tudo o que você precisa para as aventuras ao ar livre.

As alças duplas também permitem o uso em esportes distintos, como no ciclismo, na corrida, na caminhada e até em modalidades mais radicais. O compartimento de água tem capacidade para 2 litros, o suficiente para algumas horas de treino.

Melhor para o seu bolso

Perfeita para as trilhas mais radicais, a mochila de hidratação Vibrelli tem as melhores avaliações dentre os produtos mais acessíveis e é a nossa recomendação para quem quer economizar e investir em qualidade.

O compartimento de água tem 2 litros de capacidade e conta com material livre de BPA e PVC. Disponível para venda em três cores, as mochilas da Vibrelli possuem suporte para o capacete de ciclismo e todos os seus utensílios. Além disso, esse é um dos modelos de mochila mais leves do mercado.

Itens que você também pode se interessar:

Encontrar uma boa mochila de hidratação não é uma tarefa tão fácil, ainda mais com os novos recursos que acabam surgindo para melhorar a ergonomia, facilitar o uso dos reservatórios de água, melhorar a aderência da mochila às costas e torná-la cada vez mais leve para não incomodar durante a prática dos esportes. Portanto, se você não achou o seu modelo ideal nas nossas recomendações, trouxemos outras opções que podem ser interessantes.

As melhores mochilas de hidratação

Índice

Mini Guia de Compra

Muito úteis para os praticantes de vários esportes, as mochilas de hidratação são consideradas essenciais para quem gosta de fazer caminhadas longas, trilhas, mountain bike, corrida e até mesmo para quem utiliza a bicicleta como meio de locomoção no dia a dia. Seja para ir ao trabalho, dar voltas na cidade ou competir, elas são bem mais práticas e acessíveis que as famosas “garrafinhas” de água, que muitas pessoas ainda levam à mão durante a prática de atividades físicas.

Além de um simples acessório, essas mochilas são capazes de surpreender mesmo quem já pratica esportes similares há muito tempo e podem auxiliar em diversas necessidades que venham a surgir ao longo do caminho, inclusive em casos de emergência.

Antes de qualquer coisa, quem já precisou praticar algum exercício físico de alta performance, como uma caminhada longa e cansativa ou uma trilha pouco conhecida e irregular, já deve ter percebido o quanto alguns utensílios e suprimentos básicos fazem falta durante o percurso, como água e alguns alimentos mais versáteis e rápidos.

Neste momento, a tradicional garrafa de 500ml acaba sendo levada nas mãos, e nem sempre é suficiente. Mas saiba que uma boa mochila de hidratação pode ser perfeita para melhorar o seu desempenho e oferecer mais suporte, em qualquer situação.

No caso dos amantes das aventuras ao ar livre, que costumam fazer caminhos bem mais longos e com poucas estruturas, as mochilas de hidratação devem fazer parte dos equipamentos dos atletas, uma vez que levam recursos importantes para o bem-estar fisiológico, proporcionando água potável e na temperatura adequada e outros materiais que também podem tornar a atividade física mais prazerosa e segura!

Mas é compreensível que esse não seja um acessório tão simples de escolher, sobretudo quando se trata da capacidade interna, da tecnologia agregada e de alguns extras que fazem a diferença na hora em que precisamos. Ergonomia, peso, capacidade hídrica e outros. Por esse motivo, trouxemos neste guia as melhores opções de bolsas de hidratação, com funcionalidades, designs e estruturas bastante diversas. Apresentaremos cada uma delas em maiores detalhes, logo abaixo!

Mochila de Hidratação Osprey Katari 7 L - Compacta, tecnológica e leve, qualidade garantida pela fabricante!

A primeira mochila de hidratação que recomendamos no nosso guia foi escolhida por trazer alguns benefícios exclusivos, que não é possível encontrar em outras marcas do mercado. A Katari 7 é o último lançamento da Osprey, marca já conhecida pelos aventureiros profissionais do Brasil, sobretudo em se tratando do uso em passeios longos e exaustivos.

A Katari 7 é uma das únicas opções que oferecem 2,5 litros de capacidade hídrica, acompanhando a bolsa interna de hidratação. Criada especialmente para os trilheiros de Mountain Bike, esse modelo é pequeno e não atrapalha durante o percurso, trazendo até mesmo a impressão de estar sem nenhum equipamento.

O arreio detalhado é produzido em formato de malha, para trazer mais conforto e permitir uma melhor respiração através da mochila. Nada de marcas nos ombros ou alergias provocadas pelo calor excessivo da trilha. As bordas das alças também são macias, visando um bom acabamento e bem-estar durante os saltos e movimentos bruscos da bike.

O que torna essa uma das compras mais vantajosas é a presença de uma alça removível no quadril, que oferece ao usuário mais segurança e estabilidade, além de uma melhor postura corporal durante a atividade física. Recurso presente em poucos modelos, essa alça também é versátil, e pode ser removida a qualquer momento para atividades mais simples e rápidas, como caminhadas curtas ao ar livre.

Alguns outros detalhes também criam um ambiente mais cômodo em treinos de alta performance, como o ímã posicionado na lateral que permite fixar a válvula de hidratação, para impedir que a mangueira acabe se soltando no caminho.

Com essa mochila, você não vai mais precisar se preocupar onde levar os seus aparelhos eletrônicos, como câmera ou smartphone, já que ela possui um compartimento interno anti riscos que protege as telas de vidro mesmo durante escaladas e trilhas irregulares. Os bolsos de fácil acesso abrem espaço para levar as barrinhas de cereal e até a lanterna de segurança (a ideia é sempre manter você no controle).

As poucas desvantagens dessa mochila também podem te auxiliar a decidir a sua compra, e por isso já vamos adiantando que ela não é uma das maiores, podendo até não ser recomendada para quem gosta de passeios super equipados, com um pouco mais de equipamentos ou até um compartimento extra de água. Por outro lado, essa formatação também oferece menos peso nas viagens (apenas 353 g, sem o compartimento hídrico).

Embora permita a fixação de uma luz piscante na parte posterior, ela tem apenas uma pequena faixa refletiva, e caso você não queira colocar um aparelho como esses, deverá se preocupar um pouco mais com a segurança em percursos com trânsito de automóveis (principalmente para os ciclistas). Vale lembrar que essa mochila de hidratação tem garantia vitalícia de reparos pela fabricante, com coberturas para costuras soltas e outros sinistros.

CamelBak Octane 25 Pacote de hidratação multiesportivo - A mochila de hidratação para qualquer esporte ao ar livre

Diferente da Katari 7, a mochila de hidratação Octane 25, da marca CamelBak, é um produto criado para esportes de longa duração, e não necessariamente de alto desempenho, investindo em muito espaço, mais suporte de uso e conforto de ponta.

Os trilheiros profissionais são os que mais recomendam a Octane 25, sabendo da sua versatilidade e da confiabilidade da marca no Brasil. Com produtos sustentáveis e liderança mundial, a empresa produz diversos equipamentos para a prática de esportes, e as mochilas são apenas alguns deles.

Trazendo um grande número de compartimentos, ela é perfeita para trilhas em família, ciclismo profissional, caminhadas ao ar livre e até passeios turísticos a pé. A Octane 25 pode ser usada no calor, durante a chuva e até na neve, sendo sinônimo de segurança, bem-estar e mordomia. Se você já se preocupou com o desconforto de levar vários equipamentos, reservatórios extras de água e lanches rápidos, em mochilas com poucos bolsos, a Octane 25 é a solução definitiva para você.

Inicialmente, a Octane 25 vem com um reservatório hídrico interno de 2 litros, ligado diretamente a sua mangueira de hidratação com válvula hidráulica e trava manual. Além dos dois bolsos principais, contando com o espaço da própria bolsa de hidratação, também é possível ocupar os 2 bolsos extras na parte posterior, fabricados em tela — sendo dois deles nas laterai s—, e outros 6 bolsos de tamanhos diversos nas alças — sendo três deles com zíper de alta qualidade —.

Com eles, você pode guardar seu smartphone, garrafas de água, snacks e outros pequenos objetos que precisam estar sempre ao alcance.

Outros detalhes relevantes da mochila fazem uma grande diferença para alguns atletas, são eles: mochila de hidratação com fechamento prático, em formato de rosca e livre de BPA, BPS e BPF, capa de chuva embutida (basta projetá-la sobre a mochila) e três alças frontais para melhor fixação ao corpo.

Por outro lado, a válvula de hidratação é um dos modelos mais simples, com trava manual e sem nenhuma proteção contra poeira e agentes externos.

Por fim, a Octane 25 foi escolhida como o melhor custo-benefício da nossa lista, uma vez que pode ser usada em momentos diversos e tem um preço intermediário com relação às mochilas de hidratação mais profissionais do mercado. Veja as vantagens e desvantagens e saiba se essa é a melhor mochila para você!

Vibrelli Mochila de hidratação e bexiga de hidratação de 2 litros - Mais compacta que a Octane 25, mais versátil que a Katari 7 e muito mais econômica

Em comparação com os outros dois modelos anteriores, a mochila de hidratação da Vibrelli, com 2 litros de capacidade hídrica, é compacta, leve e bem-dividida, além de ter um dos preços mais acessíveis da nossa lista. Se você não pode investir em um produto de uso profissional, indicamos essa escolha para esportes como o ciclismo, trilhas, mountain bike, snowboard, esqui e outros.

Assim como outras bolsas, essa vem com as duas alças principais em tecido vazado, o que permite mais respirabilidade para os ombros, lembrando que passar muito tempo com uma mochila sem esse recurso é bastante desconfortável, principalmente em trilhas realizadas durante o dia, quando a incidência do sol é maior, sem ser tão frágil como a estrutura utilizada na Octane 25.

Da mesma forma que nas mochilas anteriores, ela vem com duas alças frontais e presilhas seguras para a região do peitoral e da cintura. Embora não seja a mais adequada para levar muitos equipamentos, essas alças são capazes de diminuir o peso dos utensílios e trazer uma sensação de segurança durante o trajeto, além de tornar o produto ergonomicamente correto.

O tecido utilizado nas costas da mochila também é bastante tecnológico, permitindo a circulação do ar e evitando que a área acabe esquentando muito, com o próprio calor do corpo. Na parte posterior, a Vibrelli traz dois bolsos centrais, sendo um deles telado e outro com zíper. Ambos são bem espaçosos para levar aparelhos eletrônicos, reservatório de água extra e alguns recursos importantes para viagens, como é o caso de uma boa lanterna. Entretanto, é importante salientar que este é um pacote básico e compacto, e não tem tanto espaço como a Octane 25, por exemplo.

Com o intuito de criar um pacote mais cômodo, a marca também colocou um suporte em elástico para o capacete de ciclismo, que dessa forma pode ser acomodado a qualquer momento, sem prejudicar o espaço interno da mochila ou atrapalhar os movimentos do corpo em caminhadas.

Válvula com o melhor custo-benefício: também de alto fluxo (permite uma maior sucção da água, em menos tempo), a válvula de hidratação tem o sistema Easy-Twist, que não pinga quando o sistema de travamento está acionado. Há uma suporte para encaixe da mangueira na lateral da alça do ombro, para evitar que ela se movimente na prática do esporte. Sem a bolsa de hidratação, a mochila pesa 415 gramas, sendo mais leve que a Octane 25 e um pouco mais pesada que a Katari 7, da Osprey.

Mochila de Hidratação Ultra Pro Vest, CamelBak - Corra com mais suporte e segurança, conheça a melhor mochila de hidratação para os maratonistas

No estilo colete, a mochila de hidratação Ultra Pro Vest, também da marca CamelBak, é a saída para os corredores de plantão. No geral, ela é recomendada para quem gosta de executar maratonas com frequência, ou participa de corridas longas e exaustivas. De acordo com os especialistas em educação física, a hidratação deve acontecer antes, durante e depois da prática da corrida, entretanto, se hidratar enquanto corre é comum para os treinos que possuem duração maior ou igual a 30 minutos, e é para esse público que a Ultra Pro Vest se caracteriza como a mochila perfeita!

Leve, prática e minimalista, este pacote de hidratação tem a capacidade de “abraçar” o corpo do atleta, ficando justa ao corpo e trazendo a sensação de que você não leva nenhum equipamento às costas. Se você costuma correr, sabe que os pequenos objetos e utensílios podem atrapalhar o desempenho do treino com o passar do tempo, principalmente quando se trata de portar garrafas de água, isotônicos e outros itens pessoais importantes para as atividades ao ar livre de longa duração.

Pensando nisso, a CamelBak desenvolveu a Pro Vest trail running, com o peso de 160 gramas (sem a bolsa de hidratação), material em 3D mesh (alta respirabilidade) e alças largas e confortáveis.

Tenha maior estabilidade e conforto durante o uso: a Pro Vest tem a estrutura bastante diferente das outras mochilas de hidratação do nosso artigo, sendo uma das únicas com as alças mais largas e dupla tira peitoral. A principal diferença entre ela e a Octane 25 é a forma compacta, mais fácil de carregar e mais recomendada para provas e treinos de corrida. Envolvendo perfeitamente os ombros, ela pode ser encontrada em diferentes tamanhos, que devem ser verificados, uma vez que não possuem ajustes nas alças principais.

Hidrate-se adequadamente: em se tratando de manter o corpo bem hidratado, a Ultra Pro Vest apostou longe, e também trouxe uma estratégia diferenciada. Ao contrário dos outros produtos similares, ela não vem com um sistema de hidratação comum (mangueira, válvula e bolsa hídrica), mas no seu lugar, traz duas garrafas exclusivas da CamelBack, de 500 ml cada.

As garrafas que acompanham o produto encaixam perfeitamente nos dois bolsos frontais, e ficam bastante acessíveis durante a corrida. No estilo Flask, ambas são altamente flexíveis e resistentes, evitando desconfortos ao pressionar o peito e facilitando a retirada e devolução aos bolsos da mochila. Caso você queira acrescentar um sistema de hidratação, a própria CamelBak disponibiliza em sua loja um kit de 1,5 litros que cabe perfeitamente no bolso principal da Pro Vest e não precisa de nenhuma adaptação.

Mais facilidade: também é possível encontrar um bolso frontal com zíper, apropriado para guardar um celular ou outros objetos pequenos. Isso facilita o acesso a esses objetos e os mantêm em segurança, uma vez que estão separados dos compartimentos hídricos.

Mochila de Hidratação Invictus Hydro Verde Oliva - Boa durabilidade, alto conforto e foco nos seus esportes

Com um design militar, a nova mochila de hidratação Hydro é tudo o que você precisa para qualquer aventura, sem levar muito peso e ainda assim ter um dos maiores compartimentos de hidratação do mercado. Produzida em tecido Cordura (600D), a mochila tem alta resistência contra rasgos, perfurações e abrasão de agentes externos, com a melhor durabilidade que poderíamos apresentar na nossa lista de recomendações.

Criada por uma marca de produtos táticos (a Invictus), esse pacote de hidratação tem detalhes militares marcantes, únicos para quem gosta de conforto, rusticidade e de uma boa apresentação, em qualquer lugar. Embora não tenha muitos bolsos para personalizar a experiência de uso, ela ainda pode ser a “queridinha” quando se trata de um utilitário prático e com espaço interno bem aproveitado.

Se mesmo depois de ler todo o nosso artigo, você ainda tem dúvidas sobre qual produto comprar, pode ter certeza de que essa é uma boa aposta.

O maior diferencial desse modelo de mochila de hidratação é a integração com a tecnologia de combate militar, como é o caso do sistema Molle: criado para ser ainda mais versátil e seguro, essa inovação permite o acoplamento de “módulos” à mochila, como um bolso adicional, um suporte para equipamentos externos ou até uma pequena bolsa de primeiros socorros (para trilhas longas e pouco estruturadas). Esses pequenos módulos podem ser comprados à parte, de acordo com a sua necessidade, e trançados na parte frontal da mochila de hidratação.

Levando em consideração a construção e o material utilizado na bolsa (que trazem 496g às costas), é relevante informar que este não é o melhor modelo para os corredores, que podem investir em produtos mais leves e com melhor fixação ao corpo. Já para quem gosta de uma boa caminhada em trilhas fechadas e até mesmo praticantes do ciclismo, ela pode sim ser uma boa alternativa, mesmo que tenha sido desenvolvida para o público militar.

Por fim, um outro ponto negativo gritante desse utilitário é a falta de um recipiente de hidratação que acompanhe o produto. Embora tenha capacidade para sistemas de até 3 litros, será necessário comprar o compartimento hídrico à parte, na própria loja da Invictus ou de outras marcas (atentando sempre para as medidas e o tamanho disponível na mochila de hidratação). Tendo em vista o seu preço, ainda compensa bastante o investimento.

Mochila de Hidratação Hupi Huwe 2.0 - A mochila de hidratação térmica e ergonômica para os ciclistas do dia a dia

A Huwe 2.0 é a nova aposta da Hupi para os ciclistas do dia a dia, produzida em material leve (384 gramas de peso), fechamento em zíper, bolso extra removível e capacidade hídrica de 2 litros, em uma pequena bolsa de hidratação que já acompanha o produto.

Para quem não gosta de mochilas que acabam “escorregando” nas costas durante as pedaladas, esse produto é um dos únicos que ficam muito bem ajustados ao corpo, unindo todos os pontos de sustentação em uma única presilha principal na parte da frente, o famoso sistema de quatro pontas. Além de ser bem mais ergonômico e seguro para os ciclistas, esse projeto possibilita uma maior liberdade de movimentos e conforto para os atletas. Ele também permite regulagens em velcro nas laterais das alças, fazendo com que a mochila se adapte ao seu corpo.

Dentro da média: assim como diversas outras mochilas de hidratação vendidas no mercado, a Huwe 2.0 também vem com apenas 2 litros de capacidade hídrica, embora tenha um sistema diferenciado de uso. Para retirar o pacote de água, você irá contar com um sistema “plug and play” com a mangueira de hidratação, que não deixa vazar e ao mesmo tempo não te deixa perder tempo durante as competições. A válvula de hidratação também trouxe o famoso “dust cover”, que é aquela tampinha que protege a saída contra poeira e outros agentes externos.

Mais ou menos coisas, você escolhe: além disso, a Hupi também colocou um bolso à mais, que pode ficar preso ou ser retirado facilmente da estrutura da mochila de hidratação. Basta soltar as quatro presilhas laterais e está pronto.

Como extra, a marca também colocou uma saída para fone de ouvido com fio, que permite que o ciclista mantenha o seu aparelho celular seguro, e ouça as suas músicas favoritas enquanto pedala. A mochila também tem faixas refletivas para aventuras noturnas.

Guia do comprador

Como qualquer outro equipamento relevante em diversos esportes, as mochilas de hidratação fazem parte dos utilitários indispensáveis para quem gosta de atividades físicas de alto desempenho, que exigem bastante hidratação. A desidratação é um problema cada vez mais frequente com o aumento da prática esportiva amadora, trazendo sérias consequências para a saúde ou até a morte. Sintomas como batimentos cardíacos muito acelerados, perda de capacidade cognitiva e tontura podem ser sinais de que você não está ingerindo água suficiente durante os seus treinos.

No caso das atividades físicas em ambientes “controlados”, como é o caso da musculação, da natação e do próprio treinamento funcional, a supressão de equipamentos se torna vantagem com relação às pessoas que preferem se exercitar ao ar livre. Para estes, é necessário redobrar os cuidados com a saúde e estar sempre antenado com as recomendações dos especialistas.

Dentre algumas das dicas para manter-se saudável está a hidratação correta antes, durante e após treinamentos como a corrida, a caminhada e o ciclismo, dentre outras modalidades aeróbicas.

E é aí que as mochilas de hidratação entram, criando uma nova forma de disposição, treinamento e manutenção corporal, em qualquer lugar e a qualquer momento. Saiba quando elas podem ser úteis para você!

Quando usar uma mochila de hidratação?

Se você já é praticante de esportes de alto impacto, relacionando tempo de execução com a alta intensidade das atividades físicas, esse tipo de mochila traz uma nova forma de hidratar-se durante os seus treinos. Substituindo as “garrafinhas” de água, ela pode levar tudo o que você precisa para uma corrida longa, caminhada em trilhas ou ciclismo profissional, de forma compacta, leve e prática.

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre quando é o momento certo de usar um utilitário como esses, e quanto deve investir para ter um produto de qualidade no dia a dia. Inicialmente, você pode portar uma mochila de hidratação em atividades longas, que exigem do corpo por um grande período de tempo. As competições são bons exemplos na exigência desse suporte, mas alguns treinos amadores também estão na lista.

Corridas ou caminhadas de longo percurso:

A relação entre a quantidade e o tempo para ingestão de líquidos durante corridas e caminhadas ainda é alvo de muitas discussões dos especialistas, especialmente porque a sudorese é um fator muito relativo entre cada organismo. Enquanto algumas pessoas suam mais em menos tempo, outras conseguem reter líquido por mais tempo na prática de atividades físicas.

Por esse motivo, a dica principal para quem faz corridas ou caminhadas é repor o máximo possível de água perdida pelo corpo durante os treinos. Em uma média de 150 a 300 ml a cada, pelo menos, 30 min de prática regular. No caso das corridas curtas (com menos de 25/30 min), a hidratação deve ser realizada antes e depois do treino, já que o corpo não é capaz de perder tanto líquido em pequenos intervalos de tempo.

Se você se encaixa em algum desses públicos, está na hora de escolher uma boa mochila de hidratação para evitar problemas de saúde.

Ciclismo, trilhas e mountain bike:

Para os ciclistas de plantão, portar água é via de regra! Como a distância percorrida e o esforço físico do corpo não podem ser tão pequenos durante as pedaladas, hidratar-se durante a prática é essencial. Ingerir água pelo menos a cada 30 min de pedalada é uma média satisfatória. Se você estiver pedalando em alta temperatura, deve reduzir esse tempo e utilizar outras estratégias para reter líquido no corpo, como tomar isotônicos durante a corrida e beber bastante água 1 hora antes de sair de casa.

No caso dos aventureiros “hard”, como os trilheiros e ciclistas de mountain bike, o cuidado com a hidratação deve ser ainda mais minucioso, levando em consideração o trânsito em locais com pouca estrutura e suporte médico. Para estes, portar mochilas de hidratação mais robustas é a melhor opção. Quanto mais água, melhor!

Saiba escolher a mochila perfeita!

Agora que você já sabe que precisa de uma boa mochila de hidratação, preparamos algumas dicas simples, que deverão te auxiliar na hora de escolher o melhor produto, veja abaixo!

Capacidade hídrica:

Embora pareça óbvio, muitas pessoas acabam comprando as suas bolsas de hidratação sem calcular a sua necessidade durante os treinos. A quantidade de líquido que você irá portar deverá suprir completamente o déficit sofrido durante a atividade física. Portanto, quanto mais longo e exaustivo o percurso, maior deverá ser a sua hidratação.

Em um cálculo simples, considerando uma pedalada de 3 horas em um clima ameno, o ciclista deverá consumir cerca de 2 litros de água (que é a média de capacidade da maioria dos produtos do mercado). Mas se calcularmos pedaladas em tempos superiores a este, a compra de mochilas com 2,5 ou até 3 litros de capacidade é essencial.

Para evitar muito peso, as mochilas não passam dos 3 litros de capacidade, e se necessário, você também deverá portar garrafas em espaços extras.

Conforto:

O conforto é outro fator de extrema relevância. No geral, quanto mais leve uma mochila, mais confortável ela tende a ser. Mas investir em produtos com maior respirabilidade e uma melhor “pegada” no corpo é uma dica extra que damos para os atletas que precisam passar muito tempo com os seus equipamentos nas costas.

Espaço e segurança:

O espaço é um recurso bastante relativo no caso de uma bolsa de hidratação, já que quanto maior, menos confortável ela tende a ser após um longo tempo de uso. Por outro lado, para quem gosta de trilhas longas, ele deve ser um dos maiores requisitos de compra. A nossa dica é sempre portar a menor quantidade possível de equipamentos, sem comprometer a sua segurança e bem-estar corporal durante as práticas.

Um outro ponto importante é decidir entre mochilas mais seguras, como as que possuem as famosas faixas refletivas, que acabam sendo indispensáveis para ciclistas noturnos.

Conclusão

Entender como funciona e por quê comprar uma boa mochila de hidratação é muito importante para os atletas que buscam alto desempenho, evitando a desidratação em treinos puxados e possibilitando uma melhor qualidade de vida, em qualquer lugar.

Escolhemos a mochila de hidratação Octane 25, da CamelBak, como a melhor compra para os trilheiros e ciclistas profissionais, por ter o melhor custo-benefício para manter o seu corpo bem hidratado, aprimorando a sua experiência na prática de atividades físicas.

FAQ

Com 2,5 litros de capacidade específica e compartimento de água que acompanha o produto, a Osprey Katari é um dos últimos modelos da marca e oferece todo o suporte necessário para um ciclista profissional, sobretudo para os amantes de Mountain Bike.

No estilo colete, a mochila de hidratação Ultra Pro Vest, também da marca CamelBak, é a saída para os corredores de plantão. No geral, ela é recomendada para quem gosta de executar maratonas com frequência, ou participa de corridas longas e exaustivas.

Dentro da linha das mochilas de hidratação multiuso, a CamelBak Octane é uma boa alternativa para quem busca por custo-benefício. Por ser muito prática e possuir diversos compartimentos internos, ela é capaz de comportar tudo o que você precisa para as aventuras ao ar livre.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados