Qual é a melhor bicicleta ergométrica?

Muitos indivíduos se perguntam qual a melhor bicicleta ergométrica, isso porque cada vez mais, as pessoas estão optando por praticar exercícios com o intuito de melhorar a qualidade de vida.

Desse modo, surgem muitas dúvidas sobre o assunto. Já que esse instrumento é um dos melhores para se movimentar em casa. Agora, para fazer uma boa escolha é necessário realizar uma boa pesquisa.

Portanto, esse artigo vai te deixar por dentro do tema. Aqui, nós separamos uma lista para que você selecione a melhor bicicleta ergométrica. Veja ainda, quais as características que um bom produto deve conter.

Recomendações

Itens que você também pode se interessar:

Melhor bicicleta ergométrica

Índice

Mini Guia de Compra

Nesse tópico nós vamos abordar algumas informações importantes sobre esse produto. Elas são muito relevantes para que você faça uma boa escolha ao final deste artigo. Portanto, dedique um pouco de atenção a elas.

Como funciona uma bicicleta ergométrica?

Ela é um tipo de equipamento para fazer exercícios, muito popular em academias. A bicicleta ergométrica é ainda, um dos aparelhos mais indicados para quem quer praticar em casa. Então, ela simula os movimentos de uma bike convencional.

Porém, ela apresenta uma grande vantagem. Isso porque você consegue variar carga e intensidade. Assim, é possível personalizar seu exercício da maneira que quiser. Além disso, esse é um equipamento que depende apenas da força do usuário.

Quem pode utilizar esse equipamento?

Basicamente, qualquer um pode usar esse aparelho e suas diferentes versões. Mais para frente, nós iremos abordar os tipos que existem. Agora, podemos dizer que a horizontal é mais indicada para pessoas com pouco condicionamento físico. Ainda, quem se encontra obeso e quer emagrecer também pode optar por esse equipamento.

Quais os benefícios que esse instrumento pode proporcionar?

O primeiro deles é a possibilidade de treinar sem sofrer impactos. No entanto, isso não é tudo. Ao escolher a melhor bicicleta ergométrica, você garante desenvolvimento de resistência e força muscular. Isso tanto nas pernas quanto no sistema cardíaco.

Ainda, esse equipamento te ajuda a realizar treinos mais intensos. São os do tipo HIIT, High Intensity Interval Training.  Mesmo assim, isso não afeta a sua segurança. A bike é bem tranquila quanto a isso. Então, caso apresente dor ou câimbra, é só parar de pedalar.

Como regular esse equipamento?

Primeiro de tudo, você deve se preocupar com o banco. É necessário ajustá-lo de uma forma que fique confortável para o usuário. Para isso, seus joelhos devem se manter com alguma flexão em todo movimento que houver.

Então, uma dica é sentar no banco e começar a pedalar até que o pedal se encontre na posição mais baixa. Desse modo, seu joelho não deve estar estirado. Em contrapartida, o banco não pode ficar muito baixo.

Portanto, cuidado para o joelho não ficar acima da linha do quadril. Além disso, suas costas precisam permanecer alinhadas ou inclinadas para frente de forma leve.

Sendo assim, você pode usar seu abdômen para estabilizar sua coluna. Essa é uma dica muito útil, principalmente quando se faz um treino de alta intensidade.

A bicicleta ergométrica pode causar lesões?

Sim. Lesões musculares podem ocorrer usando esse equipamento. Agora, isso acontece quando a intensidade está acima da capacidade do usuário. Outro cuidado que você deve ter é se já possui alguma lesão no joelho ou quadril.

Nesses casos, o ideal é que seja procurada uma orientação médica. Assim, é possível realizar os treinos sem se machucar. Então, é por isso que a parte de ajuste do aparelho é tão importante. É ela que vai te proteger de possíveis danos.

Portanto, caso tenha alguma dúvida de como realizar isso, peça ajuda de um profissional capacitado. Não deixe que seu corpo fique desconfortável durante o exercício.

Cuidados que uma bicicleta ergométrica exige do seu usuário

Existem algumas coisas que você deve fazer para manter seu equipamento funcionando a todo vapor. Sem elas, muito provavelmente ele irá estragar antes do tempo. Então, confira só alguns cuidados simples, mas que fazem total diferença.

Qual é a melhor bicicleta ergométrica?

Os gastos calóricos ao usar esse equipamento

Saiba que seu gasto calórico é baseado no consumo de oxigênio. Essa é uma forma de medir a respiração celular. Não existe um cálculo padrão para todo mundo. Cada pessoa funciona de uma forma diferente. Portanto, isso deve sempre ser respeitado.

Não ache que ao praticar exercícios você vai ficar igual ao “seu amigo”. Seu corpo é só seu e ele tem um esquema próprio. Desse modo, o ideal é sempre se ater apenas às suas necessidades.

Uma vantagem é que a maioria dos equipamentos aqui citados, ira te dar uma ideia de quantas calorias você eliminou na prática. Sendo assim, não é necessário ficar se preocupando com esses cálculos.

Resenha das melhores bicicletas ergométricas

Agora, chegou a hora de conhecer os modelos da lista da melhor bicicleta ergométrica que separamos. Veja como cada um deles pode apresentar características distintas. Assim, é bem provável que você encontre um aqui que vá suprir suas necessidades.

Bicicleta Ergométrica Dobrável XB 100 da PODIUM FIT

Um produto ideal para quem não tem muito espaço para praticar exercícios. Ele é dobrável e compacto, de modo que você só precisa montar na hora de fazer atividade física. Além disso, a XB 100 possui monitoramento cardíaco e de calorias.

O controle de intensidade dela chega em até 8 níveis. Ainda, ele funciona com resistência magnética. No entanto, altura e peso são fatores limitantes aqui.

Dessa forma, esse equipamento só funciona para pessoas com até 1,80 m. Também, não aguenta mais que 90 Kg. Porém, fora isso esse modelo é sensacional e eficiente.

Poduimfit V100 da PODIUMFIT

Uma combinação perfeita de conforto e versatilidade. A V110 é um dos modelos mais populares entre os praticantes de esportes. Assim, ela possui uma resistência magnética junto com 8 níveis de intensidade.

Dessa forma, você garante um treino totalmente personalizado e de alto rendimento. Ainda, seu painel é completíssimo. Um dos fatores mais interessantes sobre essa bike, é que ela suporta até 120 Kg. Essa é uma das vantagens quando comparada com outros modelos.

Bicicleta Ergométrica KV 3.1 da KIKOS

Esse modelo é voltado para pessoas mais baixas. Desse modo, se você possui mais de 1,70 m, ele não é indicado. Seguindo um estilo vertical, ela simula bem uma bicicleta tradicional.

Esse equipamento deixa o corpo do usuário bem posicionado e confortável. Isso porque você consegue arrumar o selim e o guidão como quiser. Então, esse é um ótimo modelo para se ter em casa.

Ele também, funciona muito bem para treinos mais leves e moderados. A única contraindicação é mesmo para pessoas mais altas. Assim, caso decidam por esse produto, elas podem apresentar dores nos joelhos e articulações em geral.

Bicicleta Ergométrica Spinning E 16 da ACTE

Esse é um dos produtos mais bem avaliados pelos consumidores. Portanto, ele é bem popular no mercado. É um equipamento resistente e que te permite controlar os níveis de intensidade. Por isso que ele está na lista de melhor bicicleta ergométrica.

Assim, essa bicicleta é ideal para pessoas que curtem treinos mais leves ou mais intensos. Agora, por ser Spinning, é mais indicada para quem quer trabalhar a velocidade. Além disso, é uma ótima alternativa se você quer entrar em uma modalidade de exercícios mais intensa.

Bicicleta Ergométrica Spinning S100 da PODIUMFIT

Um modelo perfeito para quem curte pedaladas mais intensas. Além disso, ele serve muito bem os veteranos e os iniciantes desse universo. Atualmente, essa é uma das bicicletas spinning mais populares do mercado.

Então, ela possui absolutamente todos os recursos importantes para a execução dessa atividade. Assim, esse equipamento conta com uma roda de inércia de 8 Kg. Essa é uma carga adequada para usuários iniciantes que ainda precisam pegar o jeito antes de pedalar de forma avançada.

Ele ainda funciona através de fricção mecânica. Você pode controlar questões de intensidade tranquilamente. No entanto, esse modelo não possui um monitor cardíaco.

Bicicleta Ergométrica H100 Horizontal da PODIUMFIT

O único modelo horizontal dessa lista. Ele é um equipamento relativamente leve, pois pesa apenas 26 Kg. No entanto, é muito resistente e ideal para ser colocado em residências.

Essa bike exige um espaço maior do que as verticais. Ela possui resistência magnética e seu assento é bem confortável. Não podia ficar de fora do ranking de melhor bicicleta ergométrica.

Guia do comprador

Até aqui, você já conhece os melhores produtos do mercado. Agora, é hora de falar de detalhes muito importantes. Com eles, é possível ter uma ideia mais completa sobre esses instrumentos. Assim, você consegue fazer uma escolha ainda mais apurada. Então veja quais são os critérios de compra que merecem sua atenção.

Tipo

Os modelos atuais são classificados em 3 versões distintas. São elas: vertical, horizontal e spinning. Assim, cada uma possui um grau de ergonomia. Veja mais sobre isso.    

Bicicleta ergométrica vertical

É o tipo de produto mais popular e com os preços mais acessíveis. Afinal, seu valor é bem mais em conta quando comparado aos outros. Então, o modelo vertical é aquele mais parecido com uma bicicleta comum.

Isso claro, falando de posicionamento do corpo. Além disso, ela exige que o usuário tenha mais cuidado com sua postura. Sendo assim, o tronco deve ficar alinhado com as pernas ou um pouco mais para frente.

Essa característica faz a bicicleta ergométrica vertical ser a preferida de pessoas com problemas relacionados à postura.

Bicicleta ergométrica horizontal  

É o modelo mais recomendado para idosos. Pessoas com limitações físicas se dão muito bem com esse produto. A versão horizontal possui uma ergonomia bem maior que as outras. Dessa forma, nela, o usuário fica sentado com as pernas para frente.

Sendo assim, ela é sem dúvida bem mais confortável. Agora, esses aspectos tornam o instrumento bem maior. Então, caso adquira ele, saiba que precisará dedicar um bom espaço para aplicá-lo.

Bicicleta ergométrica spinning

São bem parecidas com as verticais. Porém, elas são mais inclinadas e costumam possuir acessórios tecnológicos. Estes últimos são responsáveis por simular diferentes trajetos com vários graus de dificuldade.

Logo, isso vai potencializar muito seu uso. Assim, os usuários precisam de força e resistência. Portanto, é um modelo mais indicado para quem quer suar bastante. Perceba que no ranking de melhor bicicleta ergométrica essa versão apareceu.

Funcionamento

As 3 versões citadas acima possuem apenas dois tipos de funcionamento, o mecânico e o magnético. Desse modo, você precisa conhecer mais sobre eles. Isso vai influenciar muito na sua escolha.

Sistema mecânico

Os modelos com esse tipo de funcionamento costumam ser mais em conta do que os outros. Então, ele faz o ajuste de resistência através de uma cinta. Logo, é o usuário que controla o nível de esforço necessário ao pedalar.

Sistema magnético

Aqui, as coisas são mais tecnológicas. Esse sistema permite que a alteração do nível de esforço seja feita por meio da força magnética. Além disso, cada ajuste é feito silenciosamente.  O produto ainda conta com projeções variadas, como subidas.

Painel de informações

Uma das coisas que você precisa saber sobre esses equipamentos, é que eles estão cada vez mais evoluídos. Portanto, quase todos possuem elementos tecnológicos. Um bom exemplo disso é o painel de informações.

Dessa forma, eles costumam conter dados sobre o decorrer do exercício. Alguns até dão ideia de como está a saúde do usuário. Sendo assim, na tela da Bicicleta, você vê o batimento cardíaco, pressão arterial e por aí vai.

Também, é possível conferir a distância percorrida, as calorias eliminadas, velocidade e tempo. Alguns modelos não oferecem só isso, então a depender do produto, você pode ajustar o nível do exercício.

Isso está relacionado à velocidade, percurso e intensidade do pedal. Os equipamentos mais avançados podem se conectar com seu celular ou smartwatch. Desse modo, é mais fácil criar um esquema interativo e cheio de emoção.

Ergonomia

Essa é uma das características mais importantes que você precisa prestar atenção antes de efetuar sua compra. Então, entenda que a ergonomia está diretamente ligada com a eficiência deste produto.

Lembre-se que isso está relacionado com o posicionamento do seu corpo no equipamento, portanto, não deve haver nenhum incômodo. Agora, não acredite que toda ferramenta de exercício é ergonômica.

No caso da bicicleta, ela precisa possuir ajustes de altura no guidão e no banco. Além disso, os pedais devem ser colocados de acordo com o tamanho do usuário, sendo assim, se você achar um produto sem esses recursos, saiba que ele não possui essa característica.

Outro ponto importante são os bancos, eles devem ter o assento macio e estofado. Tudo isso para que consigam permitir a respiração. Em resumo, perceba que a ergonomia perpassa todos os componentes da bicicleta. Por essa razão, se mantenha alerta com esses detalhes.

Tamanho

Uma das coisas que você jamais pode deixar de pensar é o espaço. A depender de onde for colocado esse instrumento, o ambiente será limitado. Isso vale principalmente para aqueles modelos que são maiores, como os horizontais.

A sua necessidade é quem vai determinar o quanto de espaço você precisa para alocar essa máquina. Antes de eleger a melhor bicicleta ergométrica, pense nisso.

Então, caso tenha um local específico para a prática de exercícios, ótimo. Desse modo, você pode adquirir uma spinning ou horizontal sem quaisquer problemas. Porém, se o lugar for mais apertado, tudo bem. É só comprar um modelo mais compacto que tudo se encaixa.

Portanto, a dica é, cuidado antes de adquirir esse tipo de produto. É interessante medir o seu espaço antes de tudo. Dessa forma, você garante que ele será perfeito e não haverá imprevistos com relação ao tamanho.

Busque ainda deixar sua bicicleta em um lugar acessível, assim fica mais fácil de visualizar e manter seu compromisso diário de praticar exercícios.

Peso e montagem

O último critério de compra que separamos para você. O peso e a montagem podem fazer toda diferença na hora de comprar esse instrumento. Isso principalmente se você tiver alguma intenção de ficar mudando ele de lugar.

Então, alguns modelos não passam de 25 Kg, o que é considerado relativamente leve. Além disso, muitos vem com umas rodinhas, dessa forma, a locomoção não será um problema. Agora, você precisa ter muito cuidado com a montagem.

Na maioria das vezes, essa é uma tarefa do comprador. Logo, indicamos que você preste muita atenção no manual de instruções, outra alternativa é procurar vídeos tutoriais no YouTube. O importante é que o equipamento seja montado corretamente.

No entanto, caso não queira se preocupar com isso, tudo bem. Existem alguns modelos para vender que já vem pré-montados. Então, você só precisa encaixar algumas poucas peças como guidão e pedais.

Conclusão

Pronto, agora você já sabe tudo sobre esses modelos. Com isso, é nítido o motivo da nossa recomendação. A V100 da PODIUMFIT possui o melhor custo benefício. Com ela, você pode ajustar guidão e selim.

Isso sem falar nos níveis de intensidade e resistência. É um produto ideal para diversos tipos de usuários, tanto iniciantes quanto profissionais. Agora é com você, vá em busca da melhor bicicleta ergométrica.

FAQ

Até aqui, você já é quase um expert no assunto. No entanto, o nosso intuito é que termine essa leitura sem nenhuma dúvida sequer, para isso, preparamos um pequeno FAQ. Ele vai te ajudar a relembrar o que foi visto no decorrer deste post. Vamos lá, acompanhe.

Não. Algumas não suportam mais que 90 Kg. Já outras, costumam aguentar até 120 Kg.

  • Peso e montagem;
  • Tamanho;
  • Ergonomia;
  • Tipo;
  • Funcionamento;
  • Painel de informações.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados