13 de December de 2021
Sem respostas

Quando substituir seu tapete de yoga?

Dicas e informações importantes para manter seu tapete de yoga impecável e saber quando substituí-lo!

A durabilidade do seu tapete de yoga vai depender principalmente dos cuidados e do ambiente em que você pratica o exercício.

Mas, há alguns fatores que você precisa entender sobre o que, de fato, influencia no tempo de uso desse acessório e quais sinais a peça demonstra quando chega o momento de substituir o seu yoga mat.

Esse artigo está repleto de informações e dicas de como aumentar a durabilidade do seu tapete de yoga, então, continue a leitura para saber mais.

Índice

O tapete de yoga é necessário?

O mat de yoga é um acessório para a prática dos movimentos e posturas, equilíbrio corporal e proteção de articulações, porém não é fator determinante para a realização correta do exercício.

É totalmente possível você praticar yoga sem um tapete! O tapete de yoga é um símbolo e, como tal, transmite a mensagem da filosofia de vida admitida pela prática milenar, é uma representação do seu interesse em estar preparado para praticar o yoga.

Porém, o yoga mat contribui muito para o seu conforto em determinadas asanas, além disso, é responsável por propiciar melhor estabilidade dos pés e mãos quando estes são apoios diretos do corpo.

Mas, a função do yoga mat vai além! Você sabia que o seu tapete de yoga carrega a sua energia?

Essa é mais uma função dos tapetinhos, pois quando você pratica a yoga são emanadas energias nesse local, o tapete delimita o seu espaço e onde será “descarregada” a sua vivacidade e o que o seu interior concentra.

O tapete também ajuda a compor o ambiente favorável à prática da yoga, elevando a sua conexão e gerando uma interatividade mais intensa.

Fatores que influenciam na durabilidade do tapete de yoga

Como dissemos no início deste artigo, há condições e características que vão interferir diretamente no período de uso dos tapetes de ioga. As principais são:

1. Limpeza

O recomendado é que seja feita, ao menos, uma vez por mês a limpeza profunda do tapete, mas o ideal é que você higienize o seu tapete sempre após o uso.

Ao realizar as posições de yoga e demais exercícios da prática, você pode produzir suor que vai cair no tapete bem como saliva, água ou mesmo alguma sujeira presente nos pés e mãos.

Por isso, aqui vai uma dica de como limpar o seu tapete de yoga, para ele durar mais tempo.

  • Misture 15 ml de sabão líquido neutro em 4 litros de água morna;
  • Com a ajuda de um pano ou borrifador, passe essa mistura por todo o tapete;
  • Esfregue com uma esponja macia ou pano;
  • Enxágue com bastante água corrente;
  • Retire o excesso de água com uma toalha seca;
  • Coloque o tapete limpo para secar em local arejado mas sem exposição direta ao sol.

 

A limpeza diária pode ser feita de maneira mais superficial, somente com um pano úmido, água e vinagre branco na proporção de 1×1, após, deixar secar muito bem e estendido.

2. Armazenamento

Após a limpeza do tapete de yoga, é necessário que ele seja guardado corretamente para preservar a estrutura da peça. Lembrando que, o tapete nunca deve ser guardado sujo ou úmido.

A melhor forma para guardar o seu tapete de yoga é enrolando-o, assim você economiza espaço e, também, conserva todas as tramas internas do mat.

Jamais guarde o seu tapetinho dobrado, porque na área da dobra vai gerar um vinco que não vai deixá-lo se estender por completo no chão e, pior, com o passar do tempo esse vinco pode rachar o tapete.

Também é fundamental que você evite colocar objetos pesados sobre o tapete, essa ação também causa deformidades no acessório.

Ele pode ser guardado em uma bolsa própria para o seu formato, ou ainda, em um cantinho bem arejado e protegido.

3. Evite exposição solar

O calor produzido pelo sol resulta em aumento de temperatura do yoga mat e, por consequência, danifica tanto a coloração – que será alterada – quanto a tramagem interna do tapete. O sol pode causar a deformação do mat de yoga e desgaste das fibras, influenciando na sua conservação.

É claro que praticar o yoga ao ar livre é maravilhoso, aumenta a conexão com a natureza e consigo mesmo, além de ser viciante. Mas, só tome o cuidado de praticar yoga em horários com o sol mais ameno ou em um local sombreado por árvores.

Não deixe o seu tapetinho no carro embaixo do sol, dessa forma ele não estará protegido efetivamente.

4. Ter o próprio tapete

Parece óbvio afirmar que você ser o único usuário do tapete irá prolongar a vida útil da peça, mas talvez haja dúvidas quanto a isso ter poder de interferência, de fato.

O uso compartilhado do tapete de yoga, naturalmente, gerará um desgaste acelerado e prejuízo da estrutura da peça, pois estará em mais tempo de uso com intensidades diferentes de peso e potência de movimentos.

Além disso, temos a questão da higiene, pois é sempre bom ficar atento aos compartilhamentos e evitar contaminações. E, ter o próprio yoga mat faz toda a diferença para o praticante, você se sentirá mais à vontade com o seu mat exclusivo.

5. Ambiente

O local onde você vai praticar a yoga também afeta o tapete, há tapetes ideais para ambientes fechados como casas e stúdios de yoga e mats para ambientes abertos como praças, parques, jardins.

Por exemplo, se você gosta de fazer yoga na praça deve evitar tapetes muito finos pois o chão áspero pode rasgar a peça, considere os modelos mais espessos.

Ao passo que, para praticar em casa, por exemplo, é viável um mat de yoga mais fino e aderente. Considerando também o piso da sua casa ou local onde irá praticar.

6. Não use calçados sobre o tapete

Sem dúvidas, esse é um dos fatores que mais influencia sobre a durabilidade do yoga mat.

Pois, o calçado gera um desgaste excessivo por causa do atrito da sola com o tapete, além de que para praticar yoga não é preciso calçados.

7. Formato do yoga mat

Ter um tapete adequado ao seu tamanho também pode influir sobre a vida útil da peça e, também, sobre a sua atividade. Dê preferência para as opções em que você “caiba” por completo e, se possível, com folga.

Evite adquirir um modelo menor que o seu tamanho corporal, principalmente se a peça deixar sua cabeça e pés de fora, essa é a principal informação que você deve se ater.

8. Densidade

Aqui é importante que você não confunda densidade com espessura. A espessura tem a ver com a grossura do tapete, os milímetros, geralmente o padrão para os yoga mats é de 5 mm.

A densidade refere-se à massa do tapete, a sua capacidade de absorver o peso e movimentos do yogin.

Por exemplo, quando você está sobre o tapete e ele se achata se tornando ainda mais fino, nas posições de apoio feitas repetidamente pode causar desgaste nessas áreas.

Essas dicas básicas, se seguidas à risca, fazem uma enorme diferença para a durabilidade do tapete de yoga, cooperam para que o seu investimento tenha êxito.

Quanto tempo dura um tapete de yoga?

Para começo de conversa é preciso dizer que você encontrará no mercado uma infinidade de opções de tapetes de yoga com valores mais em conta e outros mais caros e, é justamente essa diferença de valores que dita a qualidade do material do tapete.

Cada modelo e marca de tapete de yoga aplica uma determinada tecnologia para formar a matéria-prima da peça, então, podemos supor que o valor do tapete aponta a sua durabilidade.

Modelos mais simples, com menos tecnologia e mais baratos, geralmente, duram menos tempo, em média 6 meses dependendo da sua frequência de uso.

Já as opções que contenham uma qualidade maior e, consequentemente, um valor mais elevado em vista de opções simples, apresentam uma durabilidade de anos e uma responsabilidade ambiental destacada.

Ao pensar nos períodos de troca do tapete você deve se questionar sobre o custo-benefício da peça, evite opções que a curto prazo são atrativas mas que logo perderão a serventia, o tapete de yoga poderá ser o seu parceiro por anos, basta se atentar à qualidade do produto.

Tapetes de yoga simples:

Esses modelos não absorvem o suor, podendo causar escorregões durante a prática.

Tapetes de yoga eco-friendly(ecologicamente corretos):

Vamos partir do princípio de que quanto mais espesso o tapete maior será a sua durabilidade.

Os mats de yoga mais grossos possuem a vantagem de proteger melhor o seu corpo em determinadas posturas, evitar lesões, porém se você for praticante iniciante esses modelos podem atrapalhar o seu equilíbrio.

Os modelos mais encorpados são ideais para serem utilizados ao ar livre e promovem mais conforto, previne dores como nos joelhos, pés e mãos devido o atrito direto com o solo.

Vantagens dos tapetes de yoga mais grossos:

Desvantagens dos tapetes de yoga mais grossos:

As alternativas mais compactas são boas para a prática em “ambientes controlados” como casas e stúdios de yoga, porque o chão desses locais não oferecem riscos à peça, sendo geralmente mais lisos.

Os mats mais finos, sobretudo aqueles similares a uma folha de EVA, não desenrolam corretamente e não são estáveis no chão, ou seja, são mais escorregadios e podem interferir na sua entrega durante a yoga.

Vantagens dos tapetes de yoga finos:

Desvantagens dos tapetes de yoga finos:

A questão a se entender nesse caso é de que não há um período determinado para você efetuar a troca do seu tapete de yoga, o que estabelece o tempo de troca é a qualidade do material e o seu cuidado com o acessório.

Lembrando que estamos considerando somente as opções de tapetes específicos para o yoga e não as adaptações!

Quando o tapete chega no tempo de ser substituído ele irá apresentar alguns sinais, veja:

No fim das contas é você, ao longo de sua prática, que vai identificar qual o melhor tapete de yoga, pois isso é uma questão muito pessoal. O importante é você estar confortável para executar todos os exercícios em paz, afinal, o tapete é somente um acessório, te ajuda a entrar no “clima” da yoga.

Ter um tapetinho de yoga e cuidar dele adequadamente é um ato de quem está levando a sério a sua prática, que realmente entendeu e absorveu a natureza da yoga em sua rotina.

Assim como nadadores possuem óculos apropriados, as bailarinas têm as suas sapatilhas e o yogi tem o seu tapete para ajudá-lo a praticar de maneira segura e confortável. Ter um yoga mat é investimento, não só financeiro mas, também, em sua relação com essa filosofia milenar e a aplicabilidade em sua vida.

Por isso, não tem como determinar quantas vezes você deve substituir seu tapete de yoga porque, se bem cuidado, o tapete pode durar anos. Ao passo que, se for um tapete que não possui um bom material de fabricação e, muito menos, não são tomadas as precauções de uso e limpeza a peça sofre avarias e sua durabilidade se reduz a algumas poucas sessões de prática.

Por fim, retomamos a mensagem inicial de que é o cuidado e o tipo de material do tapete de yoga que vai fazer ele durar mais ou menos.

A mesma dedicação e disciplina, que você emprega para realizar a yoga e colocá-la na sua vida de maneira efetiva, serve para o cuidado com todos os itens que podem compor o seu espaço e o seu momento de concentração e busca interior.

Cuide bem do seu tapete de yoga e ele irá durar anos ao seu lado!

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados