2 de September de 2021
Sem respostas

Jogging e corrida: Entenda como esses exercícios melhoram sua saúde mental

O jogging e a corrida são, provavelmente, os exercícios físicos mais acessíveis e democráticos que existem. Além de não exigirem muito investimento, podem ser praticados em diversos lugares, e ainda têm efeitos positivos na saúde de pessoas de diferentes faixas etárias.

No entanto, o que muita gente não sabe é que esses efeitos positivos não ocorrem somente na saúde física. Na verdade, a prática regular de exercícios físicos também impacta positivamente a saúde mental e emocional de seus praticantes.

Mas você conhece esses efeitos? Para responder essa pergunta, nos próximos tópicos te apresentamos quais são os benefícios do jogging e da corrida para a sua saúde mental.

Além disso, também deixamos algumas dicas de treinos e de aplicativos que podem te ajudar a começar a se exercitar. Assim, será muito mais fácil manter o corpo em forma e ainda melhorar seu lado psicológico.

Índice

Qual a diferença entre jogging e corrida?

Definitivamente, a corrida é uma atividade física bem popular. Para confirmar isso, basta ver a quantidade de pessoas que se exercitam em parques, praças, calçadões, entre outros espaços públicos de qualquer cidade.

Isso ocorre porque, além de ser um exercício fácil, exige baixo investimento – basicamente apenas em roupas e tênis adequado – e ainda é um excelente aliado no aumento da expectativa de vida.

No entanto, recentemente, a corrida deixou de ser o único meio barato e simples para se exercitar. Afinal, a moda agora é o jogging. Mas você sabe o que é isso?

Em resumo, o jogging é um tipo de modalidade de corrida mais lento. Não chega a ser tão lento quanto uma caminhada, mas certamente tem um ritmo menor do que uma corrida. Ou seja, o jogging é um meio-termo entre a caminhada e a corrida.

Mas essa não é a única diferença entre essas duas modalidades de exercício. Diferentemente da corrida, a prática de jogging não é focada em bater metas, atingir grandes objetivos. Na verdade, nem é preciso monitorar tanto a respiração ou os batimentos cardíacos.

Por isso, o jogging pode ser considerado uma atividade mais leve e despretensiosa, mas que também promove benefícios à saúde do praticante.

Em contrapartida, geralmente os corredores possuem um plano de treino definido e atingem uma maior velocidade. Por esse motivo, é necessário acompanhar de perto vários aspectos, como trajeto, tempo e respiração, para que o treino seja realizado de forma correta.

Seja qual for sua modalidade de corrida, o importante é saber que a prática desses exercícios físicos é muito vantajosa não só para o seu corpo, mas também para a sua mente, como você verá a seguir.

6 benefícios do jogging e da corrida para a saúde mental

Antes de conferir algumas dicas de treino e de aplicativos de corrida, é importante reforçar os benefícios que o jogging e a corrida podem proporcionar para a sua saúde.

Como você deve imaginar, essas atividades físicas trazem vários benefícios para a sua saúde física. Por exemplo: melhora do funcionamento do sistema cardiovascular, redução dos níveis de colesterol e aumento da atividade cerebral.

No entanto, como falamos anteriormente, a prática regular de exercícios físicos também pode proporcionar diversos efeitos positivos para a sua saúde mental e emocional. Por isso, nos próximos tópicos você vai conhecer cada um desses benefícios.

Dessa forma, será mais fácil entender por que você precisa começar a investir no jogging ou na corrida.

Melhora a memória

Muita gente não sabe, mas a prática de exercícios físicos, especialmente de exercícios aeróbicos, como jogging e corrida, é capaz de melhorar a memória.

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores de diferentes universidades americanas, esses exercícios estimulam a atividade do hipocampo, que é a região do cérebro responsável pela memória e o aprendizado.

Além disso, a prática desses exercícios físicos exerce uma função neuroprotetiva, importante na prevenção de doenças degenerativas.

O benefício desse tipo de atividade é tão grande que, mesmo que você comece a se exercitar na idade adulta ou em idade avançada, você será impactado com seus efeitos positivos.

Reduz a velocidade de perda cognitiva

O desenvolvimento da capacidade cognitiva é essencial para a sobrevivência do ser humano. E é responsabilidade do cérebro ser o centro da cognição do corpo, controlando o processamento de vários estímulos sensoriais.

Isso inclui habilidades motoras, sociais e linguísticas; percepção, tomada de decisão e até a própria memória de longo e de curto prazo. No entanto, a tendência é que essa capacidade que começa a ser desenvolvida na infância seja perdida, gradualmente, durante o processo de envelhecimento.

E é nesse ponto que entra a importância da prática de exercícios aeróbicos, como jogging e corrida, por exemplo. Isso porque esses exercícios atuam no cérebro de modo a reduzir essa velocidade de perda cognitiva. Mas como isso ocorre?

Como dissemos anteriormente, exercícios aeróbicos exercem uma função neuroprotetiva. De acordo com um estudo publicado na Revista Brasileira de Medicina do Esporte, isso pode ser associado à diminuição do dano cerebral.

Além disso, essa proteção também pode ser responsável pelo atraso no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

Por isso, quanto antes você iniciar uma rotina de exercícios aeróbicos, maior será o efeito positivo dessa atividade no seu cérebro e, consequentemente, na manutenção da sua qualidade de vida.

Melhora a qualidade do sono

Quem tem insônia ou enfrenta dificuldades para dormir pode desenvolver sérios problemas de saúde e ainda comprometer seu rendimento e bem-estar durante o dia.

Afinal, quando você não dorme, seus níveis de neurotransmissores podem ser comprometidos, e seu organismo libera mais hormônios do estresse, como o cortisol.

Além disso, a falta de sono prejudica a regulação emocional e a organização de pensamentos, podendo agravar problemas relacionados a distúrbios psiquiátricos.

No entanto, assim como outros exercícios físicos, felizmente um dos benefícios do jogging e da corrida é a estimulação da homeostase, ou seja, o equilíbrio fisiológico necessário para que o corpo consiga funcionar corretamente, incluindo a manutenção do sono.

Lembrando que existem indícios de que atividades físicas também são responsáveis por aumentar o estágio de sono profundo, também chamado de terceiro estágio do sono.

Por isso, além de te ajudar a dormir mais rapidamente, você também terá um sono restaurador e mais profundo se praticar atividades regularmente.

Como consequência, a sensação de bem-estar e a produtividade durante o dia serão bem maiores, enquanto os níveis de estresse e cansaço serão reduzidos.

Reduz o estresse e a ansiedade

Um dos principais benefícios do jogging e da corrida, assim como a prática de outros exercícios físicos, está relacionado à redução do estresse.

Como explicamos anteriormente, o sono também está relacionado à melhora dos sintomas do estresse. Mas esse não é o único fator que influencia nessa redução.

Afinal, a prática regular de atividades físicas também promove a liberação de neurotransmissores que geram bem-estar e regulam o humor, como a endorfina, a serotonina e a noradrenalina.

Dessa forma, além de reduzir o estresse, a prática de exercícios físicos também contribui para a diminuição dos sintomas de ansiedade e depressão. Por isso, muitas vezes atividades também são utilizadas como ferramenta complementar durante o tratamento dessas doenças.

Promove o bem-estar emocional

Com uma noite de sono mais tranquila e a liberação de neurotransmissores que regulam o humor e o bem-estar, como a endorfina e a serotonina, outra área importante da sua vida será afetada – a sua saúde emocional.

Afinal, além da redução de sintomas de estresse e ansiedade, exercícios como jogging e corrida, são capazes de estimular um estado mental mais tranquilo, a sensação de felicidade, a disposição, a criatividade e até o aumento da autoestima e da autoconfiança.

Tudo isso estimula a sensação de bem-estar emocional e afeta positivamente seu trabalho e seus relacionamentos.

Aumenta as chances de fazer amizades e criar vínculos sociais

Como dizia Tom Jobim, é impossível ser feliz sozinho. E isso não é só uma frase de efeito. Diversos pesquisadores e especialistas em comportamento humano já confirmaram que o ser humano não foi feito para passar a vida sozinho, sem contatos sociais.

Afinal, esse isolamento pode provocar o desenvolvimento de vários problemas psicológicos, como a depressão, a ansiedade e outros distúrbios do humor.

Felizmente, outro benefício do jogging e da corrida está relacionado justamente a esse aspecto social.

Como esses exercícios podem ser praticados em grupo, em locais abertos e até junto com outros esportistas amadores, fica muito mais fácil cultivar amizades e manter o contato com outras pessoas.

Num mundo cada vez mais conectado, no qual as pessoas estão mais focadas em telas e contatos virtuais, o estímulo à criação desses vínculos sociais a partir dos exercícios físicos trazem muitos efeitos positivos.

Por isso, nos últimos anos, esportes coletivos e ao ar livre, como o jogging, a corrida, a bike e a caminhada, por exemplo, se tornaram tão populares.

Afinal, melhor do que se exercitar sozinho, é praticar exercício acompanhado, de preferência com uma companhia que te incentive a se exercitar e que goste de conversar.

Dicas de treino para começar a se exercitar

Se você nunca praticou jogging ou corrida, mas está interessado em adquirir todos os benefícios físicos e mentais proporcionados por essas atividades, então precisa ter calma e paciência.

Quando você observa outras pessoas fazendo essas atividades físicas, pode até parecer que é fácil ou que elas conseguiram alcançar o seu ritmo de exercício rapidamente. No entanto, isso não é verdade.

Embora não sejam exercícios de alta complexidade, a prática de jogging ou corrida exige que você respeite os limites do seu corpo para evitar lesões, principalmente nos joelhos e tornozelos.

Então, não exagere e se esforce além do que o necessário. Caso contrário, ao invés de colher os benefícios de correr, você pode sofrer com seus efeitos negativos.

Além disso, é fundamental começar a treinar aos poucos e ir aumentando o seu percurso gradativamente. E não se esqueça de utilizar roupas e tênis de corrida adequados para realizar esses exercícios físicos com conforto e segurança.

E caso você queira acompanhar a evolução do seu desempenho, vale a pena utilizar alguns aplicativos específicos, como explicamos no próximo tópico.

Mas essas são apenas algumas dicas úteis. Para conferir mais orientações de treino para iniciantes, assista ao vídeo abaixo.

Utilize aplicativos para aproveitar os benefícios da corrida

A tecnologia também pode ser uma grande aliada na sua trajetória como corredor amador. Além de te ajudar a monitorar o seu desempenho, os aplicativos com foco em corrida te ajudam a traçar percursos, registrar progressos e até marcar seu tempo de corrida.

Por isso, em função de sua praticidade, eles se tornaram muito populares entre os amantes de jogging e corrida. De olho nesse mercado, até empresas consagradas no ramo de produtos esportivos já lançaram seus próprios apps de treino.

Tudo isso para ajudar os corredores amadores, e ainda divulgar seus produtos. Esse é o caso do Nike Run Club e do Adidas Runing by Rantastic, por exemplo. Ambos estão disponíveis para Android e iOS, se destacando por suas funcionalidades, usabilidade e facilidade para acompanhar seus treinos.

Além disso, você também pode utilizar o Strava, um dos apps queridinhos entre corredores e ciclistas, que também está disponível para Android e iOS.

O grande diferencial do Strava é que ele conta com uma espécie de rede social, que permite o compartilhamento de resultados e até a conexão com outras pessoas.

Mas esses são apenas alguns exemplos de aplicativos, caso nenhum deles tenha te interessado, saiba que existem outras opções interessantes disponíveis na internet.

O importante é entender que, seguindo as dicas para corredores iniciantes e utilizando pelo menos um desses aplicativos, será muito mais fácil aproveitar os benefícios da corrida.

Conclusão

Além de vários efeitos positivos para a saúde física, a prática regular de jogging e corrida consegue proporcionar vários benefícios para a saúde mental. Os mais conhecidos provavelmente são a melhora do sono, a redução do estresse e ansiedade.

No entanto, atividades físicas aeróbicas, como a corrida, também são capazes de produzir outros benefícios importantes para a saúde de pessoas em qualquer faixa etária.

Esse conjunto de benefícios inclui função neuroprotetiva, redução da velocidade da perda cognitiva, melhora da memória e até sensação de bem-estar emocional.

A melhor parte é que, mesmo que você nunca tenha praticado jogging ou corrida, pode começar a investir nesse exercício. Com paciência, respeitando os seus limites e talvez até com uma ajuda da tecnologia, sair do sedentarismo e aproveitar os benefícios de correr fica muito mais fácil.

Lembrando que esses exercícios são úteis para a melhora da saúde mental de pessoas em todas as faixas etárias. Em vista disso, não desanime. Nunca é tarde para começar a se exercitar.

F.A.Q.

A prática de jogging e corrida ajuda a regular o sono, aumenta a sensação de bem-estar emocional e ainda reduz os sintomas de estresse e ansiedade. Além disso, esses exercícios aeróbicos contribuem para a melhora da memória, para a redução da velocidade de perda cognitiva e até te ajuda a aumentar seu círculo social.

A prática excessiva de exercícios pode provocar lesões e o chamado overtraining, desencadeando insônia, redução de imunidade, entre outros problemas. Por isso, não é recomendável praticar corrida todos os dias. Lembre-se de que o descanso também faz parte do treino, contribuindo com sua recuperação e te preparando para alcançar o melhor desempenho no próximo treino.

Os corredores iniciantes precisam ter calma e paciência para realizar seus treinos de corrida. Afinal, ninguém se torna um corredor de maratona do dia para noite. O importante é começar aos poucos e aumentar seus percursos de forma gradativa, de acordo com sua evolução e com seus limites físicos.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados