26 de November de 2021
Sem respostas

12 fatos que você deve saber sobre Yoga

Você já ouviu falar sobre yoga? A prática milenar ganha cada vez mais adeptos no Brasil e existem alguns fatos sobre yoga bem curiosos.

O yoga é uma maneira de trabalhar o corpo e a mente de forma conectada que auxilia no controle de estresse, ansiedade e até mesmo a aliviar dores no corpo.

O que poucos sabem é que o yoga vai muito além dos movimentos corporais e torções complicadas.

Se você é uma daquelas pessoas que pensam que yoga é só ficar sentado no chão com as pernas cruzadas fazendo “ahmmmmm” está enganada. A prática não é feita somente para relaxar, mas sim como uma forma de exercício e alongamento que podem trazer muitos benefícios para sua vida.

Com o objetivo de apresentar melhor esta prática que pode ser muito benéfica, preparamos este artigo onde explicaremos mais sobre a prática de yoga com uma lista de 12 fatos sobre yoga que vão te fazer repensar os seus preconceitos.

Índice

O que é o Yoga?

Yoga é uma prática antiga com mais de 5 mil anos de existência. O seu objetivo é trabalhar o corpo, a mente e o espírito proporcionando ao praticante a reconexão com sua verdadeira essência.

A palavra yoga tem origem no sânscrito, uma língua antiga da Índia e Nepal, derivado da palavra “YUJ” que significa unir. Ou seja, o yoga busca a união do corpo, mente e espírito proporcionando um equilíbrio.

Por meio da combinação de controle de respiração, meditação e das posturas, o exercício regular promove mais consciência e controle sobre sua mente e emoções.

Segundo Patânjali, um mestre de yoga responsável por reunir os ensinamentos da filosofia e possibilitando que fosse entendido de uma forma mais profunda, existem 8 passos do yoga e o aprofundamento no estudo desses passos ajuda o praticante a encontrar o estado de paz e tranquilidade interna.

8 passos do yoga segundo o mestre Patanjai

Yama

Yamas são valores éticos, sociais e universais que, quando incorporados na rotina, permitem alcançar um estado de consciência e evolução. Ao todo são 5 yamas: não violência, veracidade, não roubar, abstinência e não acumulação.

Niyama

Niyama são práticas para conservar o estado de purificação e entrega. Ele permite autoconhecimento e consciência. Os 5 niyamas são: limpeza interna e externa, ser feliz e contente, penitência, autoestudo e rendição ao poder superior.

Asana

Asana trata-se da forma como o yoga ficou conhecido e refere-se às posições e movimentos corporais. Os asanas permitem que o praticante alcance um estado de contemplação.

Pranayama

O pranayama reúne as técnicas de respiração. O meio para conectar o corpo e a mente com o intuito de promover calma e relaxamento para mente e corpo.

Pratyahara

O pratyahara está ligado ao controle dos sentidos que são conectados ao mundo exterior e ele estimula o praticante a se concentrar no seu interior.

Dharana

O dharana trata da meditação, momento em que a concentração está em um único ponto.

Dhyana

O dhyana é outro estado de meditação, mas o praticante tem consciência da contemplação.

Samadhi

O samadhi é o estado mais profundo e elevado da meditação e o praticante se torna o objeto de contemplação.

Benefícios

Com esta explicação mais abrangente sobre o que é yoga, incluindo o significado da palavra e os 8 passos que envolve toda a prática, podemos notar que existem muitas vertentes que envolvem esta atividade com influência sobre corpo, mente e espírito, fazendo com que ela seja uma filosofia de vida.

Além dessa reconexão consigo e o estado de contemplação, o yoga também pode trazer outros benefícios para sua vida e corpo que farão diferença, principalmente para quem tem uma rotina agitada.

Condicionamento físico

Por exemplo, os movimentos e posturas que fazem parte de cada nível da modalidade deixam o corpo mais flexível, melhoram a resistência física e fortalecem os músculos.

É importante ressaltar que isso não vai acontecer de forma instantânea, pois no asana, passo que envolve a movimentação do corpo, existem diversos níveis de dificuldade e estilos. Sendo assim essa mudança vai ser perceptível a longo prazo de forma menos intensa do que atividades físicas de grande impacto.

Foco e concentração

Outro grande benefício do yoga é a melhora no foco e concentração que faz muita diferença na hora de realizar outras tarefas no dia.

Uma das frases mais ditas na meditação é “esvazie sua mente” para que o praticante consiga executar os movimentos e que ele esteja focado no aqui e agora e não em problemas externos.

Essa parte do exercício faz com que seja muito mais fácil focar sua mente e se concentrar no que quer que esteja fazendo, sem distrações.

Frequência cardíaca e pressão arterial

Os exercícios de controle de respiração e os movimentos precisos e moderados têm influência sobre outras partes do nosso sistema, como pressão arterial e no funcionamento dos pulmões e coração.

Assim como outras atividades, o yoga regula o sistema cardiovascular e nervoso que causa melhora na circulação e tem influência até nos níveis de adrenalina e cortisol, conhecido como hormônio do estresse.

Já a capacidade respiratória melhora por conta dos exercícios de respiração que exercitam a expansão dos pulmões. Por isso ela é uma atividade que pode ser praticada por todos os tipos de pessoas.

12 fatos que você deve saber sobre Yoga

Existem vários motivos para introduzir a yoga na sua vida como uma maneira de se exercitar, mas ainda há vários mitos sobre a prática que fazem com que a maioria das pessoas dispense a atividade por achar difícil ou se somente um tipo determinado de pessoas pode fazê-la.

Por esse motivo, preparamos uma lista com 12 fatos sobre yoga para desmistificar o yoga de uma vez por todas.

1 - Especialistas em Yoga não fazem posições extravagantes, e sim controlam a respiração

Ao fazer uma pesquisa rápida sobre yoga é comum ver imagens de pessoas fazendo posições super difíceis que te faz pensar que é impossível chegar naquele nível, mas, na verdade, a prática não é sobre isso, e sim sobre ter um controle da respiração.

Ser um especialista está mais ligado a ter um controle da respiração, corpo e mente. Para isso é necessário voltar toda a atenção para a respiração e assim, acalmar a mente, desacelerar os pensamentos e fazer com que a respiração combinada com movimentos seja mais forte do que os pensamentos.

2 - Acessórios de Yoga são mais vantajosos do que não usá-los

O yoga se destaca por não precisar de equipamentos sofisticados para fazê-lo, porém o uso de acessórios auxilia na execução correta das posturas.

Principalmente para quem está começando, usar objetos que facilitam na prática e nos benefícios que a atividade traz.

Sendo assim, não se sinta limitado ao fazer o uso de uma corda para auxiliar no posicionamento da perna, um bloco de madeira como apoio ou até mesmo uma almofada para reposicionar de forma mais confortável na hora da meditação

uso de acessórios significa que você está respeitando os limites do seu corpo evitando esforços desnecessários que desencadeiam lesões.

3 - As dores durante o Yoga não pioram

Os movimentos da yoga mexem com o seu corpo e com os músculos e assim como outras atividades te dará mais consciência sobre cada parte do seu corpo.

Por isso é comum surgirem dores musculares e incômodos. Isso são sinais do seu corpo sobre os limites. Fazer aulas com um instrutor dá o benefício de ter ao lado uma pessoa especializada que saberá auxiliar para respeitar esses limites e saber quais movimentos o seu corpo não está pronto para realizar.

A prática pode ser adaptada e assim deixar partes lesionadas em descanso enquanto o restante do corpo é trabalhado. Há também aulas específicas para quem sofre com problemas na coluna e dores.

4 - Exercício voltado para o interior

Outro dos importantes fatos sobre yoga que deve ser bem ressaltado é que uma atividade que traz mais vantagens internas do que externas.

Os benefícios que a prática de yoga traz para o corpo são diversos, mas é importante ressaltar que se trata de um exercício voltado para o interior.

Como já dissemos anteriormente, o yoga se trata mais do controle da respiração. Com a prática é possível chegar a um nível que conseguirá controlar os pensamentos involuntários, e assim sentirá menos ansiedade e será mais fácil relaxar.

5 - Evolução contínua

O yoga pode ser aplicado de diversas formas na vida, afinal não se trata de apenas uma atividade física que une controle de respiração e movimentos corporais.

Conforme você estudar, praticar e aplicar esta filosofia, verá que é um trabalho constante que promove diversas mudanças nas percepções, mas que também exige determinação e disciplina. Podemos dizer que esse é um dos fatos sobre yoga que mais resume a prática.

6 - Qualquer pessoa pode praticar Yoga, independente do peso ou idade

É comum se deparar com anúncios de estúdios de yoga onde é representada a imagem de uma pessoa magra, com músculos bem torneados fazendo uma posição super elaborada.

Esta imagem é responsável por fazer as pessoas acreditarem que para fazer o exercício é necessário ter um tipo de corpo específico, mas este é um pensamento errado e limitado.

Contrariando os mitos, o yoga foi pensado como algo universal, feito para todas as pessoas, sem distinção de gênero, idade, estatura, peso ou condição motora. Até mesmo pessoas grávidas podem praticar yoga, tomando os devidos cuidados.

Ou seja, a atividade pode ser adaptada para que seus limites não sejam ultrapassados e você possa se sentir bem fazendo um exercício físico e de autoconhecimento.

7 - Yoga é sobre controle e não flexibilidade

Já falamos muito sobre o yoga ser mais sobre o controle da respiração e menos sobre as posições, mas não se pode negar que elas são responsáveis por mudar o corpo e uma dessas mudanças é a flexibilidade.

Cada corpo tem uma estrutura óssea e muscular diferentes e únicas, por isso cada um reage de uma maneira. Não é necessário ser flexível para começar a fazer yoga, mas com o tempo você adquire uma consciência e controle corporal.

A mente deve ser a parte mais flexível do corpo, pois este controle e flexibilidade da mente ajuda mais a executar as posições do que forçar suas pernas a fazer uma abertura.

8 - Yoga conta com opções acessíveis e até gratuitas

Um dos preconceitos criados que mais impedem as pessoas de praticar yoga e de se tratar de algo caro e inacessível. Essa é uma visão muito errônea sobre.

Com o crescente número de adeptos à prática, existem diversas opções e maneiras para ter acesso, além de escolas e professores particulares, também há aulas ministradas em centros comunitários e aulas comunitárias em espaços públicos.

Também existem formas gratuitas e sem sair de casa através do YouTube e de aplicativos gratuitos. Em ambas as plataformas você consegue encontrar vídeos com diferentes tipos de yoga, com modalidades e níveis distintos.

Para que você se sinta mais confiante é possível até encontrar vídeos com instrutores que dão aulas específicas, por exemplo, yoga para grávidas, para crianças ou pessoas com deficiência.

9 - Mantras não são obrigatórios

Mantras são sons e palavras, frases ou melodias usadas em meditações. Quando pronunciados, os mantras causam vibrações no corpo e trazem diversos benefícios, físicos, espirituais e mentais.

A palavra mantra significa proteção contra os barulhos da mente e já foram realizados diversos estudos que atestam os seus benefícios, mas eles não são obrigatórios.

Um dos importantes fatos sobre a yoga é que não se prega a obrigatoriedade. Você tem a liberdade de escolher qual a melhor forma de acalmar sua mente durante a meditação.

10 - As posições são simples e dificilmente alguém não consegue fazer

Como vimos no tópico sobre os 8 passos do yoga, as posições do yoga são apenas uma das vertentes que envolvem a filosofia e pode se dizer que existem diferentes níveis de dificuldade com relação a elas.

Quando esses níveis e as limitações do corpo são respeitados, as posições se tornam simples e com o tempo o que você considerava quase uma acrobacia se torna natural e simples.

Não pense que logo na primeira aula será exigido que você fique de cabeça para baixo, apoiado em uma mão ou que coloque os pés atrás da cabeça.

11 - Prática diária relaxa a mente e o corpo

Com a prática diária de yoga, aprende-se que ela não se trata apenas de uma atividade para movimentar o corpo e controlar a respiração, mas sim que se trata de um exercício diário para aprender a se entregar ao presente, ter autoconhecimento e controle sobre diversos pontos da sua vida.

O tempo em que está praticando deve ser respeitado e dedicado à conexão com seu interior. O momento é para relaxar tanto corpo quanto à mente.

12 - Praticantes do Yoga não precisam ser vegetarianos ou veganos

O último dos fatos sobre yoga da nossa lista deve ser lido com bastante atenção, pois ele está diretamente ligado com o 1 passo que explicamos aqui, o yama.

Existem diversos estereótipos criados com base em quem pratica yoga, que se tratam de pessoas zen, calmas, desprendidas de bens materiais e outros diversos conceitos criados com base em imagens errôneas.

Um desses estereótipos é o de que precisa ser vegetariano ou vegano para praticar ou até mesmo que a prática te leva a seguir esses estilos de vida.

Isso acontece devido a um dos preceitos da filosofia é a não violência, que muitas vezes é interpretada como renúncia a qualquer ato que cause sofrimento a outro ser vivo incluindo animais.

Ao seguir os caminhos do yoga você não precisa abdicar de coisas e seguir os ensinamentos ao pé da letra, mas como se trata de algo que tem como um dos objetivos o autoconhecimento, pode chegar a um nível onde seu corpo mente e espírito te dirão o que te faz bem e trazem energias positivas, isso inclui a forma de se alimentar.

Aplicativos gratuitos para aprender Yoga

Praticar yoga em casa além de ser uma maneira de fazer uma atividade leve é também uma boa forma de conhecer e se familiarizar com o exercício e se livrar de vez de todos os mitos que envolvem a prática.

Um meio de começar é através dos aplicativos de celular. Com uma pesquisa simples é possível encontrar vários apps gratuitos para Android e iOS que vão te ajudar nessa nova empreitada.

Simply Yoga

No Simply Yoga você encontra aulas de 20, 40 e 60 minutos, ideal para quem deseja criar a própria rotina de exercícios.

As aulas são em vídeo divididas por níveis e tempo de duração. Nele você não consegue montar aulas personalizadas, mas você pode escolher que deseja fazer poses avulsas ou assistir a um vídeo completo.

Sua interface não é muito boa o que pode dificultar um pouco o acesso, e tanto ele, quanto os vídeos são em inglês, mas são bem explicados o que facilita o entendimento das aulas.

Simply Yoga para Android

Simply Yoga para iOS

Yoga Studio: Mind & Body

Outro app de yoga é o Yoga Studio: Mind & Body, indicado tanto para quem está começando, quanto para quem já pratica a atividade.

Nele você encontra aulas em vídeo já definidas e organizadas em categorias, mas também permite que você crie aulas personalizadas de acordo com suas limitações.

Apesar de os vídeos serem narrados em inglês, os comandos são claros e fáceis de seguir mesmo para quem não tem nenhum entendimento da língua e o aplicativo tem uma interface simples e fácil de usar.

Yoga Studio: Mind & Body para Android

Yoga Studio: Mind & Body para iOS

Ioga – Posturas e Aulas

O último aplicativo que indicamos é o Ioga – Posturas e Aulas, nele você encontra poses de yoga e aulas completas em vídeo com narração.

As aulas e posições também são divididas em módulos com objetivos específicos, como postura, físico ou relaxamento. Você também consegue montar suas aulas selecionando seus exercícios preferidos com o tempo de duração que desejar.

O aplicativo é fácil de usar e, para melhorar, ele é todo em português e até mesmo a narração dos vídeos disponíveis na plataforma.

Ioga – Posturas e Aulas para Android

Ioga – Posturas e Aulas para iOS

Conclusão

O objetivo desse artigo era apresentar de uma forma mais simples e abrangente como o yoga é uma atividade que pode trazer diversos benefícios para a vida de quem a pratica diariamente

Também é importante lembrar que não se trata apenas de uma atividade física e que dentro dela existem diversos preceitos e vertentes que podem ser aplicadas na vida

É evidente que o yoga vai além de meditação e movimentos corporais e pode trazer diversos benefícios e não é necessário ter um tipo de corpo específico, idade ou gênero para fazer.

O yoga também tem a vantagem de poder ser praticado em casa com o auxílio dos aplicativos que disponibilizam aulas completas com diferentes níveis e módulos, para quem está começando ou para quem já pratica e tem um conhecimento básico.

FAQ

Sim, o vegetarianismo ou veganismo não são uma obrigação para quem pratica yoga, entretanto alguns praticantes são levados a adotar esse estilo de vida devido aos ensinamentos do yoga, mas é algo que deve ser uma escolha natural e não uma obrigação.

Este som de “hmm” que é lembrado como uma característica do yoga e da meditação. Isso se chama mantra e eles não são obrigatórios, mas em alguns casos ajudam a acalmar a mente e a concentração de acordo com sua intenção.

Sim, é possível emagrecer com yoga. Apesar de não ser o objetivo da maioria dos praticantes, os movimentos e posições trabalham o corpo e a musculatura de forma que pode levar a uma perda de peso.

Importante ressaltar que a perda de peso varia conforme o estilo praticado e é possível achar aulas específicas para emagrecimento.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados