16 de August de 2021
Sem respostas

Quais os melhores exercícios para liberar a raiva

O que é a raiva? De modo geral, a raiva define-se como um sentimento de protesto, insegurança, timidez ou frustração, contra alguém ou algo, que se exterioriza quando o ego se sente ferido ou ameaçado.

Estamos sujeitos a esse e muitos outros sentimentos durante nossos dias no trabalho, em casa, na faculdade, no trânsito e em qualquer lugar.

Quando as pessoas ficam com raiva, tendem ter vários pensamentos, sentimentos e reações físicas. Para alguns, os sentimentos tornam-se tão arrebatadores que parecem estar “prestes a explodir”. Outros podem se controlar demais e produzirem problemas de saúde como angústia, depressão ou pressão arterial desregulada por não saberem lidar com esse sentimento.  

Índice

Quais os sinais da raiva?

A raiva pode se manifestar de diversas formas, muitas das vezes através de  sinais que o nosso corpo produz, de forma natural na busca de proteção.

É comum  sentir  raiva e ter reações físicas diferentes das esperadas, como gritos, palavrões e outras. Mas sim reações adversas como depressão, pressão alta, ataque de choro e pensamentos suicidas. 

Seguidamente são apresentadas algumas reações diretas e indiretas produzidas pela raiva.

Sinais diretos: elevação do volume da voz, praguejo, dores de cabeça, dores de estômago, aperto na garganta, aumento do ritmo cardíaco, aumento da pressão sanguínea, punhos cerrados, ameaças, violência, pressão, hostilidade, fúria, ressentimento.

Sinais indiretos: excesso de sono, fadiga crônica, ansiedade, entorpecimento, depressão, aborrecimento, exagero, perda de apetite, choro, crítica constante, piadas más ou hostis, abuso de álcool ou drogas.

Então fique alerta aos sinais e mantenha a calma. Conte conosco para encontrar os exercícios certos para liberar essa raiva da forma correta.

Formas de liberar a raiva

Respiração profunda: essa é uma técnica para liberar a raiva, essa técnica de relaxamento funciona rapidamente e em qualquer situação. A respiração profunda permite que o organismo absorva mais oxigênio, além de diminuir o ritmo cardíaco e evitar que a adrenalina chegue tão rapidamente à corrente sanguínea. Esta técnica de respiração profunda, envolve a área do estômago e o diafragma, e não o peito. É rítmica e lenta.

Ao detectar alterações físicas, indicativas de raiva, pare um momento e se concentre na sua respiração. Os seus músculos vão  começar a relaxar e a sensação de tensão vai diminuir. Esta breve pausa pode também te dar a oportunidade para se recompor, controlar os teus sentimentos, mudar os seus pensamentos e lidar com a situação de um modo mais eficiente.

Relaxamento muscular progressivo

Esta técnica envolve a contração e relaxamento sistemático dos principais grupos musculares do corpo, além de  ajudar a localizar áreas no seu corpo que estão tensas ou presas e, seguidamente, relaxá-las.

Aplicada à situação que evoca raiva, pode ajudar a diminuir tais sentimentos, assim como a ficar mais relaxado e menos zangado quando a situação terminar.

Tente se distrair

Outra maneira de aplacar a raiva é buscar uma distração. Podem ser palavras-cruzadas, desenhar, cozinhar, andar com o cachorro. Antes de tentar resolver o problema, especialistas  afirmam que a pessoa deve avaliar o quanto está irritada. Se numa escola de 1 a 10 ela considerar valores entre 5 e 10 o melhor é se distrair antes de tomar uma decisão.

Veja os melhores exercícios para liberar a raiva

Os melhores exercícios para lidar com a raiva são aquelas que mais consomem oxigênio.

Durante os exercícios o corpo produz naturalmente serotonina e endorfina que são neurotransmissores relacionados a sensação de bem-estar que ajudam a controlar as emoções. 

Busque os exercícios aeróbicos

O exercício aeróbico, incluindo caminhada rápida ou corrida, pode ser uma ótima maneira de lidar com a raiva. Quando você pratica exercício libera adrenalina, você respira de forma mais ofegante, sensações bem parecidas com a raiva.

No entanto, vai perceber que tais sintomas não estão ligados a um sentimento ruim, mas a algo bom. A atividade física também libera endorfinas, substâncias químicas no cérebro que ajudam a nos acalmar e a gerir as nossas emoções.

Tai chi

O Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa que tem o objetivo de ajudar no relaxamento dos músculos, visando a agilidade. Assim, é considerado por muitos como uma arte de meditar em movimento. Dessa forma, é uma ótima maneira de ali Requer foco e concentração.

Pular corda

Requer esforço e concentração, além disso, com esse exercício você também pode perder calorias rapidamente, pois aumenta sua frequência cardíaca e o estresse.

Superman

Abdominal bicicleta

Confira outros exercícios de respiração que vão te auxiliar no momento da raiva.

Tenha o controle em suas mãos

Saiba que as emoções não podem ser totalmente controlada por que estamos sujeitos ao ambiente em que vivemos, as pessoas e as situações do dia.

Mas saiba também que você não precisa se preocupar com todas elas, faça o que for possível e se não for possível e não estiver ao seu alcance não ‘esquente’ a cabeça e relaxe.

Tenha sempre em mente que você é o dono da situação, e você pode fazer melhor do que faria se estiver, calmo e controlado. Se preciso busque ajuda especializada.

Um psicólogo pode te ajudar a encontrar os pontos que mais te afligem e te ajudar a resolve-los.

Mas se esses momentos são contornáveis respire, faça atividade física com regularidade e mantenha sua mente relaxada sempre que puder, fazendo alguma atividade que seja prazerosa para você.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados